Lixo Eletrônico

A informação é triste, mas é importante ser dada para conscientizar os brasileiros. Segundo o estudo denominado Global E-Waster, realizado pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Brasil é o 7º maior produtor de lixo eletrônico no mundo.

São celulares, computadores, tablets e outros itens tecnológicos que, atualmente, devido à velocidade de desenvolvimento tecnológico, uma série de equipamentos acaba ficando obsoleto muito rapidamente. O problema é que, por outro lado, não se tem planejamento e infraestrutura adequados para receber esse volume de descarte (de qualquer resíduo que seja, viu?!), o que causa montanhas de lixo eletrônico, contendo compostos tóxicos, expostos ao meio ambiente.

Por exemplo, os cartuchos e toners de impressoras liberam gás metano, potencializador do efeito estufa e causador de sérios problemas respiratórios, além de ser inflamável podendo causar explosões. Além disso, a tinta é um potencial contaminante do solo e da água.

A solução deste problema está na Logística Reversa, instrumento econômico previsto na Política Nacional de Resíduos Sólidos, que prevê a responsabilidade sobre o lixo eletrônico aos fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes destes produtos. A segunda solução é a ação ambiental de qualquer pessoa, física ou jurídica, de promover o recolhimento dessa classe de resíduos para a correta destinação.

Atente-se e não perca a oportunidade de descartar seus eletrônicos durantes essas campanhas! E-aí? Faça a Revolução.

Onde estamos

R. Nortelândia, 621 - Santa Fé
Campo Grande – MS
CEP: 79021-280

Contato

(67) 99988-8778
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Entre em contato conosco via Whatsapp

Contato via Whatsapp
Close and go back to page