Meio Ambiente e COVID-19

Felizmente temos uma notícia boa. O meio ambiente vem desfrutando de significativas melhoras em nível mundial desde que foram adotadas medidas de isolamento social para conter o avanço da pandemia causada pelo vírus COVID-19.

  • O mundo deverá emitir menos de um milhão de toneladas de dióxido de carbono por dia com a quebra no consumo de petróleo.

Foram realizadas estimativas que indicaram que as emissões mundiais de CO2 podem reduzir este ano em cerca de 7%, valor próximo que o planeta devia atingir com os ESFORÇOS dos países para cumprir o Acordo de Paris sobre as alterações climáticas (Fonte: DN.PT.).

Outros pontos observados ao redor do mundo são bem interessantes:

  • Em Veneza, um dos destinos turísticos mais visitados no mundo, devido ao efeito secundário da quarentena, os canais da cidade estão com a água cristalina, como há muito não se via.
  • Sem turistas, tartarugas marinhas da espécie Olive Ridley retornaram em massa para fazer seus ninhos nas praias de Gahirmatha e Rushikulya Rookery – Índia.
  • Dezenas de elefantes foram devolvidos ao seu habitat natural no nordeste da Tailândia, devido à ausência de turistas. Pela primeira vez em 44 anos, os elefantes não usam os assentos pesados durante o dia. Além do mais, conforme o relato dos diretores do acampamento de animais, o empreendimento pretende mudar o estilo do local, encontrando maneiras mais naturais para o público apreciar os elefantes.

REFLEXÃO: Os impactos da quarentena simultânea mostrou-se positiva ao meio ambiente, porém quando a epidemia for combatida, desejamos voltar a ser como era antes ou reestruturar nossa economia e reduzir as emissões e poluições?


Façamos #Revolução!

Onde estamos

R. Hermelita de Oliveira Gomes, 685 - Santa Fé
Campo Grande – MS
CEP: 79021-270

Contato

(67) 3305 4577
(67) 9 9988 8778
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Entre em contato conosco via Whatsapp

Contato via Whatsapp
Close and go back to page