Do que se tratam os passivos?

Dentro de uma empresa são realizadas diversas atividades no seu dia-a-dia como por exemplo o uso de matérias primas, venda de produtos, contato com fornecedores e clientes, bens e serviços, dentre outras.


Cada atividade dessa é capaz de gerar um impacto ambiental, ou seja, um prejuízo ao meio ambiente, seja pelos processos, seja por acidentes.

👉 O passivo ambiental é a soma de todos os prejuízos causados ao meio ambiente e sociedade, por empreendimento ou atividades, e consequentemente há a obrigação de repará-los.

Dessa forma, tratar o passivo ambiental requer uma investigação que compreende o levantamento dos custos de tratamento, manipulação e adequação da área degradada, dentre outros.

Temos como exemplo de passivo ambiental:

🔹 Geração de resíduos;
🔹 Descarte incorreto de resíduos sólidos;
🔹 Emissão de gases poluentes;
🔹 Lançamento de produtos químicos em ambientes aquáticos;
🔹 Contaminação do solo ou águas subterrâneas.

O passivo está ligado diretamente aos custos a serem pagos para a recuperação dos danos ambientais.

👉 O derramamento de 1.292 litros de óleo na Baía de Guanabara em janeiro de 2000, de responsabilidade da empresa Petrobras e os derramementos verificado no litoral brasileiro em 2019; as consequências dos rompimentos das barragens em Mariana/MG e Brumadinho/MG; e a instalação de lixões e mesmo dos aterros sanitários são exemplos de passivos ambientais.


Onde estamos

R. Tiradentes, 1692 - Bairro Taveirópolis
Campo Grande – MS
CEP: 79090-000

Contato

(67) 9 9988 8778
(67) 3325 2254
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Entre em contato conosco via Whatsapp

Contato via Whatsapp
Close and go back to page